A História do Pacote de Bolachas

A História do Pacote de Bolachas

Era uma vez, uma rapariga que estava à espera do seu voo na sala de embarque de um aeroporto. Como tinha algumas horas de espera pela frente, decidiu comprar um pacote de bolachas para enganar a fome enquanto lia um livro.

Assim foi, sentou-se num banco e começou a ler o livro tranquilamente. Minutos depois ao seu lado sentou-se um homem que também trazia consigo um livro que começou a ler.

A fome apertou e instintivamente a rapariga tirou uma bolacha do pacote. Por mais estranho que possa parecer, o homem que se acabara de sentar ao seu lado também tirou uma bolacha do pacote da rapariga.

A rapariga ficou furiosa, mas não disse nada, apenas pensou:

“Que idiota! Sentou-se aqui ao meu lado e tira uma bolacha do meu pacote sem perguntar! Acho que isto ainda vai acabar mal!”

Após o seu pensamento a situação continuou, sempre que a rapariga tirava uma bolacha do pacote, o homem voltava também a tirar uma bolacha do pacote.

Por fim, restava uma última bolacha no pacote e a rapariga pensou:

“O que será que este atrevido de meia tigela vai fazer?”

Eis que o homem tira a última bolacha parte-a ao meio e oferece a outra metade à rapariga.

Ela que já tinha a sua paciência no máximo, ficou furiosa e mesmo quando ia para pedir explicações ao homem ouviu a chamado do seu voo, levantou-se e foi embora.

Quase meia hora depois, já mais calma, a rapariga sentou-se no avião, tira novamente o livro da sua mala para continuar a ler e eis que viu o seu pacote de bolachas dentro da mala. Nesse momento, a rapariga sentiu que tinha cometido uma grande injustiça e a vergonha havia apoderado a sua mente, mas já não era possível voltar ao passado para remediar a situação.

A rapariga descobriu assim que o homem dividiu simpaticamente as suas bolachas sem ficar indignado, revoltado ou nervoso.

Autor Desconhecido

E tu, com quem tens partilhado as tuas “bolachas”?

Um abraço 😉

Deixa o teu comentário!

comentários