A Parábola dos dois Cântaros

A Parábola dos dois Cântaros

Todos os dias de manhã um agricultor ia ao rio buscar água com dois grandes cântaros de barro carregados, ambos pendurados na ponta de uma vara. A água que o agricultor trazia servia para cozinhar e para regar as hortaliças.

Um dos cântaros era perfeito, já o outro era defeituoso, tinha uma fenda e perdia metade da água pelo caminho.

Passados alguns meses desde que o agricultor trazia a água nos dois cântaros de barro, o cântaro perfeito estava orgulhoso do seu trabalho. Por outro lado, o cântaro defeituoso sentia-se envergonhado por não conseguir desempenhar a sua missão.

Um dia, a caminho do rio o cântaro defeituoso decidiu conversar sobre a situação com o agricultor.

– Estou envergonhado com a minha dificuldade em transportar água e quero-lhe pedir desculpa.

– Porque é que estás envergonhado? – perguntou o agricultor.

– Nos últimos meses não fui capaz de desempenhar a minha função da melhor forma e desperdicei muita água pelo caminho. – disse o cântaro.

O agricultor sorriu e disse-lhe:

– Quando voltarmos para casa olha para o caminho onde largas água.

Ao chegar a casa o cântaro defeituoso ainda estava bastante triste e o agricultor pergunta-lhe:

– Reparaste no teu caminho?

– Sim reparei. – disse o cântaro.

– E o que é que viste? – perguntou o agricultor.

– Vi milho a nascer. – disse o cântaro.

– Pois é, como reparei que eras defeituoso e largavas água, aproveitei para semear algumas sementes de milho pelo teu caminho e por cada vez que íamos ao rio buscar água tu regavas essas sementes. As sementes cresceram e em breve podemos apanhar o milho para vender no mercado. – disse o agricultor

Autor Desconhecido

Será que as tuas limitações e as tuas fraquezas são um impedimento para o sucesso?

Não!

A partir do momento em que encaras as tuas limitações e as tuas fraquezas com naturalidade e deixas de sentir vergonha por algo que não és capaz de fazer ou és mais fraco a fazer, vais aumentar a autoconfiança e com isso abrir a porta a novas oportunidades.

Levanta a cabeça, sê criativo e não tenhas medo de arriscar!

Abraço e um ótimo dia para ti 😉

Deixa o teu comentário!

comentários