Ainda te lembras…

Ainda te lembras…

Numa tarde de sol um pai convidou as suas duas filhas, uma de dez e outra de quatros anos, para ir passear no jardim.

Em determinado momento do passeio a filha mais nova pergunta ao pai:

– Papá, estou tão cansada, podes levar-me às cavalitas?

– Querida, estou tão cansado como tu e faz bem exercitares as pernas.

Perante a resposta do pai, a menina começou a chorar. Sem dizer uma única palavra, o pai limitou-se a partir um galho comprido de uma árvore, entregou-o à filha e disse:

– Aqui tens um cavalinho para montares. Ele irá ajudar-te a seguir em frente.

A menina parou de chorar e pôs-se a cavalgar o galho tão rápido que chegou a casa antes do pai e da irmã. Ficou tão encantada com o seu cavalo de pau que não se lembrou mais do seu cansaço.

A irmã mais velha ficou intrigada com o que viu e perguntou ao pai:

– Papá, porque é que a mana mudou de atitude tão rapidamente?

– A vida é assim querida. Às vezes nós estamos física e mentalmente cansados, com a certeza de que é impossível continuar o nosso caminho, mas quando queremos encontramos um cavalinho que nos dá ânimo para continuar a cavalgar.

Autor Desconhecido

O que é que pode ser este “cavalinho”?

• Conversar com um amigo;
• Ir ao cinema;
• Ler um livro;
• Ir passear à praia;
• Ouvir uma música;
• Ajudar os outros;
• Ver um filme;
• Brincar com crianças;
• Fazer exercício físico ao ar livre.

Tenho a certeza que com facilidade podes ter qualquer um destes “cavalinhos” na tua vida. Tu tens a capacidade de mudar o teu dia muito rapidamente, basta quereres ser mais feliz e positivo.

Lembra-te, que a solução para os teus desafios pode ser simples e estar mesmo à tua frente, mas para a veres não podes deixar-te influenciar pela preguiça ou pelo desânimo.

Abraço e tem um dia fantástico 😉

Deixa o teu comentário!

comentários