Como vou lá chegar?

Como vou lá chegar?

No seguimento dos dois posts anteriores, Onde estou? e Para onde vou? hoje trago-te algumas palavras que podem ajudar-te a encontrar a solução para mudar de paradigma.

O mais frequente quando passas pela fase da definição da tua realidade atual, dos teus objetivos e começas a entrar na fase da construção de ideias, é ficares preso ao teu problema ou desafio e não focares a tua mente na solução que pretendes.

Muitas das vezes queres que a solução surja no momento, mas a solução pode aparecer 1h depois, um dia depois, uma semana depois… na realidade a solução só começará a tomar forma quando focares a tua mente no que pretendes concretamente.

Construir ideias para chegar a soluções pode parecer difícil, mas se não incluíres regras limitadoras no teu processo será muito mais fácil e divertido.

Ninguém proíbe de teres ideias que consideras estúpidas ou impossíveis, são apenas ideias a juntar às que já tens. Deves partir do princípio que não há ideias boas ou más, há apenas ideias que podem levar-te a soluções, por isso mantém longe de ti os pré-julgamentos.

Não deixes que a tua mente se limite à procura de ideias geniais, deixa que primeiro apareçam na tua mente as ideias óbvias, pois são as ideias óbvias que vão ajudar-te a passar para as ideias interessantes que por sua vez vão levar-te às ideias geniais.

Mistura toda a tua experiência, curiosidade, imaginação, flexibilidade, criatividade, ambição, sonhos, ousadia e vontade de vencer “dentro” do teu cérebro e escreve dezenas ou centenas de ideias em papel. Conjuga as ideias, risca algumas, escolhe as melhores e começa a afunila-las até encontrares a solução genial.

Lembra-te, estás sempre a uma ideia de chegar à solução para o teu desafio, mas tens de chegar à ideia e para isso vão ser necessárias muitas ideias.

Todas as ideias para alcançares a solução estão dentro de ti, apenas precisam de ser estimuladas.

Abraço e um dia cheio de boas ideias 😉

Deixa o teu comentário!

comentários