Devo ser teimoso ou desistir?

Devo ser teimoso ou desistir?

Às vezes chegas a determinadas situações impossíveis de ultrapassar e em vez de desistir, continuas a perder tempo e a desperdiçar energias, apenas porque queres seguir em frente quando podias virar ligeiramente a rota e seguir em frente.

Hoje trago-te uma pequena história de Stephen Covey sobre o paradigma da teimosia.

Um barco de guerra encontrava-se em manobras no mar alto há alguns dias. Dia após dia, as condições atmosféricas pioravam e a visibilidade era cada vez mais reduzida devido ao nevoeiro intenso. O Capitão permanecia na ponte concentrado no comando das operações.

Pouco depois de anoitecer o Vigia gritou:

– Luz a estibordo!

– Está parada ou a mexer? – perguntou o Capitão.

– Está parada meu Capitão. – afirmou o Vigia.

O Capitão ao verificar que a rota que seguiam estava em risco de colisão, disse ao Vigia:

– Transmita a esse navio que estamos em rota de colisão e que se devem desviar 20 graus para estibordo.

Poucos segundos depois do Vigia ter transmitido a mensagem, é recebida uma mensagem de resposta:

– É recomendável que mudem a vossa direção 20 graus para bombordo. Repito, é recomendável que mudem a vossa direção 20 graus para bombordo.

O Capitão, irritado, disse ao Vigia:

– Diga-lhe que eu sou o Capitão deste navio e que lhe ordeno que mudem de rota!

Poucos segundos depois chegava a resposta:

– Eu sou um Marinheiro de 2ª Classe e acho mesmo melhor mudarem a vossa rota.

O Capitão ficou fora de si e disse ao Vigia:

– Diga a esse Marinheiro de 2ª Classe que somos um navio de guerra e que devem mudar de rota imediatamente!

Ao que o Marinho respondeu:

– E aqui é um farol!

Stephen Covey

Ser teimoso afasta-te muitas vezes dos teus sonhos e dos teus objectivos. É importante saber quando deves parar e desistir de seguir em frente.

Não tenhas medo de desistir do que está errado e manter o que está certo. Desistir ou alterar o teu caminho permite que não gaste os teus recursos e a tua motivação com algo que não vai fazer-te chegar mais longe.

Tem em mente que o teu caminho não é uma linha reta e que alcançar o sucesso envolve dar passos atrás, desistir, fracassar e reaprender.

Um abraço e pensa nisso 😉

Deixa o teu comentário!

comentários