Não Fiques Preso ao Passado!

Não Fiques Preso ao Passado!

Era uma vez, um cozinheiro que adorava fazer peru assado no forno. Mas quando preparava o cozinhado cortava as pernas do peru antes de colocar o tabuleiro no forno. Curioso com o procedimento um dos seus ajudantes perguntou:

– Chefe, porque é que corta as pernas do peru antes do tabuleiro entrar no forno?

– Sinceramente não sei. Aprendi esta arte com a minha mãe e ela fazia sempre assim. Nunca lhe perguntei o porquê. – respondeu o cozinheiro.

A pergunta do ajudante deixo o cozinheiro curioso e ligou à sua mãe para perguntar:

– Mãe, porque é que cortas as pernas do peru antes do tabuleiro entrar no forno?

– Não sei, filho. Aprendi esta arte com a tua avô e ela fazia sempre dessa forma. Nunca lhe perguntei o porquê.

Espantado, o cozinheiro decidiu ligar à sua avô:

– Avô, porque é que cortavas sempre as pernas do peru antes do tabuleiro entrar no forno?

– Querido, é simples! O meu forno era muito pequeno e se eu não cortasse as pernas do peru antes do tabuleiro entrar no forno, o peru não cabia.

Autor Desconhecido

Fazer algo de determinada forma apenas porque foi assim que aprendeste ou é assim que vês não vai levar-te a evoluir ou a inovar, apenas a estagnar e ficar na preguiça de não pensar por ti próprio.

O ser humano tem uma tendência natural para imitar o que o rodeia sem perceber muitas vezes qual o significado real do que faz, sem perceber se o que imita é útil ou eficaz.

É assim com tudo na vida. Hoje em dia, vêem-se cada vez mais pessoas a terem tendência para ficarem presas ao passado, não serem originais e apenas imitarem o que as rodeia.

Desafio-te a seres tu mesmo, a seres o original, a seres empreendedor, a inovar e a não ficares preso àquilo que já és.

Um abraço e pensa nisso 😉

Deixa o teu comentário!

comentários