O teu Filho, Tu e o Empreendedorismo!

O teu Filho, Tu e o Empreendedorismo!

A palavra empreendedorismo é geralmente associada ao mundo dos negócios, mas na realidade o empreendedorismo pode ser um estilo de vida com início em qualquer idade e qualquer tipo pessoa.

Os estímulos empreendedores surgem naturalmente na maior parte das crianças com ideias entre os 2 e os 5 anos, momento em que, não têm medo de errar, existe a curiosidade de saber “porquê” e “como”, desenvolvem as suas habilidades com maior facilidade, inventam brincadeiras, sorriem sem maldade, querem aprender e experimentar coisas novas todos os dias, libertam energia a cada minuto e criam relações com outras crianças muito facilmente.

As crianças geralmente são determinadas e persistentes, mas à medida que vão crescendo, se não forem estimuladas a manter essa determinação e persistência, estas qualidades vão começar a “morrer” dentro de si.

Infelizmente a maior parte das escolas não preparam os alunos para continuar em processo evolutivo de empreender. O aluno não é ensinado a tomar decisões, criar objetivos, organizar as suas tarefas, ser mais responsável, gerir o seu dinheiro, crescer psicologicamente, entender os outros e a querer a sua autonomia.

Desde a escola primária até à universidade, salvas raras exceções, os alunos não são confrontados com a realidade e são preparados para procurar um emprego, a querer mais direitos e a ter menos deveres e raramente são estimulados a criar o seu próprio negócio. Ninguém lhes diz que na maior parte das vezes para se “ganhar a vida” é necessário calçar as botas e sujar as mãos.

As escolas dão o conhecimento ao aluno, mas não o ensinam a usar esse conhecimento dentro de uma empresa, ou seja, não ensinam o aluno a criar valor para a empresa.

Desta forma, a família é um elo imprescindível na educação empreendedora de uma criança e hoje trago-te algumas dicas que podem ajudar-te nesta tarefa:

• Ensina o teu filho a valorizar o dinheiro;
• Reconhece e elogia a criatividade, a persistência e a iniciativa do teu filho;
• Ensina ao teu filho as tuas brincadeiras de criança e brinca com ele;
• Incentiva o teu filho a ver menos televisão;
• Ajuda o teu filho a construir uma cabana ou uma casa na árvore;
• Incentiva o teu filho a ganhar dinheiro com a criação de pequenos negócios;
• Ensina o teu filho a pescar;
• Explica os benefícios da leitura ao teu filho;
• Participa com o teu filho em eventos de empreendedorismo;
• Incentiva o teu filho a ajudar os outros;
• Conversa e ouve com atenção as palavras do teu filho;
• Oferece ao teu filho um animal de estimação para ele cuidar;
• Entrega responsabilidades diárias e tarefas ao teu filho;
• Incentiva o teu filho a criar um blog;
• Conversa com o teu filho sobre empresas e negócios;
• Dá liberdade ao teu filho para ser criativo;
• Pratica desporto com o teu filho;
• Não escondas os desafios familiares do teu filho;
• Ensina o teu filho a auto questionar-se;
• Dá espaço ao teu filho para errar;
• Leva o teu filho a visitar o teu local de trabalho;
• Mostra ao teu filho exemplos de jovens empreendedores;
• Ensina o teu filho a aprender e a tirar conclusões dos seus erros e fracassos.

Uma educação empreendedora ajudará o teu filho a ter mais responsabilidade, autoconfiança, facilidade em comunicar com os outros, a procurar um trabalho em vez de um emprego, a ter iniciativa para criar o seu próprio negócio, aprender o significado do trabalho e do dinheiro, entre muitas outras coisas que vão fazer toda a diferença no seu crescimento e na sua vida.

Não imponhas um futuro ao teu filho, ensinei-o a escolher por si próprio o seu caminho.

Sê um pai, um amigo e e um bom exemplo para o teu filho… tu és o seu herói!

Um abraço e pensa nisso 😉

Deixa o teu comentário!

comentários