Perfeito ou desarrumado?

Perfeito ou desarrumado?

“Uma menina perguntou ao pai:

– Papá, porque é que as coisas ficam desarrumadas com tanta facilidade?

– O que é que queres dizer com “desarrumadas”, querida?

– Ontem arrumei a minha secretária. Ficou perfeita. Mas hoje, fiz os trabalhos de casa e já ficou desarrumada outra vez.

– Ok filhota! Podes mostrar-me como é que a tua secretária fica quando está arrumada?

A menina arrumou cada coisa no seu devido lugar e disse:

– Já está papá! Ficou perfeita! Mas tenho a certeza que daqui a algumas horas já volta a ficar desarrumada.

– A sério querida?

O pai deslocou a borracha para a direita e perguntou:

– Assim a tua secretária continua arrumada?

– Claro que não papá! A borracha tem de estar paralela ao caderno!

A menina arrumou cuidadosamente a borracha, enquanto o pai deslocava o lápis para a esquerda.

– Oh papá! Assim ficou desarrumada outra vez!

– E se eu abrir o caderno querida?

– Fica ainda mais desarrumada!

– Filhota, o problema não são as coisas ficarem desarrumadas com facilidade, tu é que acreditas que só há uma opção para deixar a secretária arrumada e que todas as outras opções não são válidas.”

Autor Desconhecido

Nem tudo tem de ser perfeito na tua vida. Se procuras a perfeição constante, na maior parte das vezes, estás a perder tempo e dinheiro numa tarefa que não vai trazer resultados para a tua vida.

É preferível fazeres mais ou menos bem do que não fazeres nada. Claro que seria ótimo alcançares a perfeição em tudo o que fazes, mas não deves desistir, ficar zangado ou deixar de iniciar algo só porque não consegues deixar as coisas perfeitas.

Se queres alcançar soluções perfeitas tens de estar disposto a conviver com as soluções imperfeitas, porque é de solução imperfeita em solução imperfeita que vais aumentando a tua perfeição.

Um abraço e pensa nisso 😉

Deixa o teu comentário!

comentários