Quem queres ser?

Quem queres ser?

Era uma vez, um homem que vivia numa montanha e todos os dias trabalhava atrás da sua casa a cortar lenha para vender.

Um dia o homem ouviu um barulho estranho a alguns metros de si e decidiu ir ver o que se passava. Ao chegar próximo do local viu uma raposa esfomeada que parecia estar às portas da morte. O homem teve pena do pobre animal e decidiu ir buscar alguma coisa para dar de sustento à raposa.

Esta o homem a caminhar em direção a casa quando ouviu um rugido assustador e apenas teve tempo de se esconder atrás de uma árvore. Em poucos segundos apareceu um leão que arrastava a carcaça de uma presa que acabara de caçar.

O leão comeu quase toda a sua refeição e foi-se embora, deixando os restos para a frágil raposa que agradeceu a generosidade.

O homem ao ver tamanha atitude deixou-se render pelo exemplo de um universo abundante e generoso e decidiu que não precisava mais de regressar a casa ou voltar a cortar lenha para vender. Então o homem, em vez de trabalhar arduamente para se sustentar, preferiu seguir o exemplo da raposa e permitir que o universo o sustentasse.

Escusado será dizer que as horas se tornaram em dias, os dias em semanas, as semanas em meses e agora era o homem que estava esfomeada e às portas da morte. Apesar dos seus melhores esforços para manter a sua fé o homem começava a ficar desesperado.

Mais algum tempo passou e num raro momento de tranquilidade interior o homem ouviu a pequena voz da sua sabedoria dizer:

– Porque procuraste imitar a raposa em vez do leão?

Autor Desconhecido

E assim também é na vida, se passares a vida a imitar os fracos, serás tão fraco como eles. Por outro lado, se passares a vida a imitar os fortes, serás tão tão forte como eles.

Queres ser um leão ou uma raposa?

A escolha é tua e ninguém vai tomar a decisão por ti!

Um abraço e pensa nisso 😉

Deixa o teu comentário!

comentários