Subir Montanhas e Descer Penhascos

Subir Montanhas e Descer Penhascos

O post de hoje é inspirado nas 3 Curvas da Vida de Seth Godin.

Compreender estas 3 curvas ajudou-me a definir com clareza as minhas metas e a perceber que tinha de desistir de alguns objetivos a curto-prazo para beneficiar os objetivos do longo-prazo.

Este paradigma pode ser aplicado a qualquer desafio ou momento da tua vida. Vamos a isso?

O Ponto Morto (curva 1)

Quando começas algo novo na tua vida, seja um trabalho, curso, projeto, empresa, objetivo, sonho, relação ou qualquer outra coisa, é sempre empolgante e divertido, recebes elogios e reações positivas, estás motivado, empenhado e parece tudo muito fácil. Mas após algum tempo começas a sentir que as “coisas” estão a andar mais lentamente ou a parar e parece que o teu esforço não está a ser devidamente recompensado com resultados que estás a alcançar. A este momento o Seth Godin  dá o nome de Ponto Morto.
ponto_morto

Exemplo 1: estares meses sem angariar um novo cliente para a tua empresa.

Exemplo 2: deixares de ter motivação para ir trabalhar ou estudar.

Exemplo 3: não teres soluções para superar um determinado desafio.

Exemplo 4: a tua relação está a entrar na monotonia.

Superar um Ponto Morto requer mais trabalho que o normal, entrar em ação mesmo sem coragem, persistência e muita dedicação.

Se não entrares em ação para vencer o Ponto Morto provavelmente vais ter a um Cul-de-Sac.

O Cul-de-Sac (curva 2)

Cul-de-Sac é uma expressão francesa que significa beco sem saída, ou seja, situação em que trabalhas, trabalhas e trabalhas e não muda praticamente nada. A tua situação não piora, mas também não melhora e os resultados são fracos ou nulos.

Exemplo 1: os custos fixos da tua empresa são praticamente o valor das vendas.

Exemplo 2: o dinheiro que ganhas no teu trabalho mal chega para pagar as contas.

Exemplo 3: apercebeste-te no 2º ano de faculdade que não gostas do curso.

Exemplo 4: deixaste de amar a pessoa que está contigo e a relação não tem solução, mas continuam juntos.

O preço por estares num beco sem saída é extremamente elevado, uma vez que, estás a investir o teu tempo em algo que tem um futuro pouco promissor e com resultados praticamente nulos.

Se alguma vez estiveres num beco sem saída o melhor que podes fazer é seguir um caminho diferente e desistir rápido do que está a condicionar a tua vida, isto porque estás a impedir o teu progresso enquanto podias estar a fazer outras coisas com o teu tempo.

O Cul-de-Sac é aborrecido e apresenta “perigos adormecidos”.

O Penhasco (curva 3)

O Penhasco é uma situação assustadora, da qual não consegues sair até caíres e tudo desmoronar-se, apesar de ser excitante e poder parecer que é o caminho certo.

penhasco

Exemplo 1: pedires um crédito bancário, dares como garantia a tua casa e apesar de teres um e seres despedido do teu trabalho.

Exemplo 2: a tua empresa crescer na desorganização, ganhas bom dinheiro, mas por esquecimento falhaste pagamentos ao estado, algum tempo depois as contas aparecem com juros de mora e ficas sufocado em dívidas que levam a tua empresa e a ti mesmo à falência.

O Ponto Morto e o Cul-de-Sac estão presentes antes do Penhasco e só chegas a essa situação por não desistires a tempo, assumires compromissos sem preparação ou por não conseguires superar os desafios que encontras no teu caminho.

Este ponto, na maior parte dos casos está ligado à persistência teimosa de continuares em frente num Cul-de-Sac ou à desmotivação que estás a sentir na tua vida.

Ao chegares a esta situação vais com certeza encontrar tremendas dificuldades, uma vez que, estás sem soluções e os teus recursos, dinheiro, motivação e tempo, já são muito escassos para inverter o paradigma em que te encontras.

Se pretendes ter sucesso, deves desistir de todos os becos sem saída para concentrar todos os teus recursos e foco na superação de um Ponto Morto. Ao investir tempo, energia e esforço para sair dele, terás grandes chances de alcançar o sucesso.

Tudo o que vale realmente a pena na vida traz consigo um ou mais Pontos Mortos que terás de superar para ser bem sucedido. O teu sucesso vai depender da tua decisão, persistir ou desistir dos Pontos Mortos que aparecem no teu caminho!

Abraço e pensa nisso 😉

Deixa o teu comentário!

comentários